Orquestra juvenil da Marinha Grande

Lá diz o ditado que mais vale tarde que nunca mas, neste caso, não me serve de grande consolo (nem de grande desculpa) o ter descoberto há tão pouco tempo que a Marinha Grande tem uma orquestra juvenil e, em paralelo, uma escola de música, para as crianças e jovens da nossa terra, apadrinhadas pela Junta de Freguesia e com o apoio da Câmara Municipal.

É de louvar a manutenção destas realidades ao longo de sensivelmente 20 anos, apesar dos enormes obstáculos que a Junta de Freguesia terá com certeza enfrentado para as manter em funcionamento. Foi por isso com enorme satisfação que recebi a notícia da celebração de um novo protocolo, entre a Câmara e a Junta, no sentido de salvaguardar o futuro imediato da escola de música e da orquestra.

Espero que daí resulte um novo élan que permita exponenciar a importância, o trabalho, a divulgação e o reconhecimento destas valências artísticas e culturais. A nossa cidade merece, os nossos «juvenis» precisam e é mais uma forma de fazer a nossa Marinha Grande maior.

Que todos os marinhenses acarinhem estas iniciativas (e outras do género como por exemplo os «Tocándar») pois elas ajudam a colmatar algumas lacunas nas ofertas educativas das escolas e podem contribuir para um desenvolvimento pessoal mais rico dos nossos jovens.

 

Esta entrada foi publicada em Geral, Nelson Gomes. ligação permanente.